|    home
  Bem-vindo!

Busca artigos por palavra chave




01/02/2011
 

Gastronomia 

 

Arte e sabor do Japão

 

 

Conheça um pouco mais sobre a cozinha japonesa, que depois de 100 anos de trajetória em terras brasileiras apresenta inovações e deliciosas surpresas.

 

 

Foto: Divulgação

Misu-maki de morango do ClickSushi

 

 

 

A alimentação saudável é a base para alcançar longevidade. Os japoneses sabem bem disso e têm muito a ensinar com sua culinária dominada pelo arroz branco. Sem ele, poucas refeições seriam completas nesta cozinha. Os demais pratos peixes e outros produtos marinhos (algas), carnes, verduras e legumes são considerados acompanhamentos. Neles se enfatiza a qualidade e o frescor dos ingredientes, além de pouquíssima gordura e suaves temperos.

As refeições tradicionais recebem seu nome de acordo com o número de acompanhamentos que vêm junto do arroz. O macarrão originário da China, também é uma parte essencial da culinária japonesa. Exemplos que mostram a diversidade e a grande contribuição dos japoneses à culinária brasileira.

Mescla de história

Porém há mais de 100 anos, quando os primeiros janopeses chegaram ao Brasil, não se habituaram ao paladar da gastronomia existente. A primeira providência foi cultivar diversas iguarias similares às que estavam acostumados. Com o tempo a contribuição foi tamanha que a mesa nipônica acabou por enriquecer a culinária brasileira. São exemplos de inserção de alimentos no dia-a-dia nacional: batata doce, bardana, couve chinesa, cebolinha, pepino, raiz de lótus, broto de bambu e cogumelos. Hoje, pode-se dizer que uma cozinha complementa a outra.

Para quem prefere a tradicional cozinha japonesa ou para aqueles que  querem experimentar uma espécie de cardápio nipo-brasileiro, existem de norte a sul do País vários restaurantes especializados. Fique à vontade para comer com talheres ou hashis e experimentar uma caipirinha de sake. Afinal, a culinária nipônica mistura-se e inova sabores  seguindo por muitas cidades deste imenso Brasil.

Um bom exemplo é o  de Manoel Francisco Sobrinho Dias, que se tornou precursor deste movimento há 18 anos.
Quando decidiu deixar sua cidade natal (Arame no Maranhão) de mais ou menos 30 mil habitantes e se aventurar na área de construção civil em Porto Velho. Dois anos depois, sua vida cruzou com a história de uma família de japoneses, proprietários de um restaurante especializado na milenar culinária oriental. Deste encontro, nasceu a paixão de Manoel pela culinária nipo-brasileira.

Algum tempo depois, mudou-se para Florianópolis, onde trabalhou durante oito anos como sushiman de um restaurante local, até conhecer o franqueador Luis Renato Bischoff, dono da rede ClickSushi. Ele permanece na casa até hoje e revela uma de suas receitas.

Mi-su maki de morango ClickSushi                                         

 

Ingredientes

1/2 folha de Nori

90g de arroz

3 morangos médios

creme de avelã 

Sucrilhos triturado 

massa de tempurá

esteira de sushi

sal

ajinomoto

 

Preparo tempurá

Um ovo, 1/2 copo de maisena, um copo de farinha de trigo e um copo de água gelada, pitada de sal e ajinomoto. Misturar todos os ingredientes até formar uma massa líquida e homogênea

 

Passo a Passo

Espalhe o arroz na alga horizontalmente, deixando a margem de um dedo sem arroz (utilizar a esteira de sushi). Coloque uma fileira de morangos em pedaços sobre o arroz. Enrole a alga com a esteira, até obter o formato de um sushi. Molhe-o na massa de tempurá, empane-o no Sucrilhos triturado e coloque-o em uma frigideira com óleo até o cobrir. A temperatura média do óleo deverá ser de 180º. Corte o sushi em oito pedaços iguais e coloque o creme de avelã como cobertura. Decore os sushis com as metades dos morangos e estarão prontos.

 


Publicado por: Divina Proporção
versão para impressão    Envie esta matéria para amigos!

Publicidade
 
© 2015 Divina Proporção, Todos os Direitos Reservados | webmaster
desenvolvido por: Siglobal