|    home
  Bem-vindo!

Busca artigos por palavra chave




07/07/2011
 

Gastronomia

 

 

Afrodisíacos: pura sedução!

 

Especiarias, frutas e outros ingredientes podem inspirar os casais a noites e momentos especiais. Sabia porquê estes produtos são tão calientes.

 

Foto: Divulgação

Finger Food: lichias recheadas com foie gras e geléia de lavanda

 

Afrodite, a deusa grega do amor e da beleza, emergiu do oceano em uma concha. Só por esta dica, já dá para perceber que existem alimentos que são um sucesso no amor. Eles são estudados há milênios e muitas pessoas arriscam dizer que são afrodisíacos. A mitologia ainda diz que onde os  pés da deusa tocavam, nascia uma planta, a tão conhecida romã, considerada afrodisíaca até hoje.

Outros alimentos considerados estimulantes do apetite sexual são os morangos, os pêssegos e as maçãs, consideradas frutas do pecado. Todas lindas, deliciosas e ricas em boro. Um mineral que eleva os níveis sanguíneos dos hormônios sexuais estrógeno e progesterona, e funciona como uma verdadeira terapia natural de reposição hormonal para homens e mulheres.

Segundo a nutricionista, Erika Ferreira de Sousa, professora da Veris Faculdades, o boro é um mineral que está relacionado com a metabolização e a utilização do organismo de um hormônio feminino chamado estrogênio. Ele é responsável pelas características sexuais femininas. A deficiência deste mineral, entre outras possibilidades, está relacionada com a falta de libido.

Os frutos do mar são bastante afrodisíacos, principalmente as ostras.  Daí a emersão da deusa na concha. Camarões, mexilhões, lulas e polvos também produzem sensações que aguçam a sensualidade. “A relação pode ser feita, pois os frutos do mar além de terem substâncias que dão maior sensação de bem-estar, são ricos em um mineral chamado zinco. Ele é essencial para a formação de espermatozóides”, explica.

Especiarias

Já o tomate, o alecrim, o ginseng, o hortelã, a catuaba, o amendoim e o cacau possuem uma substância chamada Feniletilamina, que estimula a sensação de prazer.

 

De acordo com a professora de Nutrição, o que acontece é que a Feniletilamina é um neurotransmissor semelhante à anfetamina. Ele é produzido no cérebro quando temos reações e modificações quando estamos apaixonados. Cientistas americanos já demonstram sua relação com o sentimento da paixão. Trata-se de um estado de euforia e atração pela outra pessoa. Isso poderia explicar o porquê alguns indivíduos dizem que esses alimentos são afrodisíacos.

Sabedoria popular

Segundo a sabedoria popular, quanto mais apimentada a comida, mais intenso será o relacionamento de um casal. A pimenta provoca uma sensação de ardor seguida de bem-estar e também têm entre seus significados a malícia e o erotismo. O condimento é considerado afrodisíaco desde o século 16, e provoca  sensação de prazer depois de consumido

Afrodisíaco é também a união perfeita de todos os sentidos – paladar, tato, olfato, visão e audição. Por isso, um novo bistrô  localizado dentro do SPA  Cattel preparou um ambiente harmônico para o jantar, com música romântica, velas e uma atmosfera envolvente para criar um clima para uma boa noite a dois.

 

A chef Monica Costa, que veio de Portugal especialmente para o bistrô declara que utiliza ingredientes como gengibre, mel, frutos silvestres, romã, hortelã, sésamo e outros que irão aguçar o paladar e propiciar uma experiência gastronômica afrodisíaca única.

 

Quem simplesmente quer usar a imaginação pode aproveitar uma receita deliciosa de lichias recheadas com foie gras e geléia de lavanda  da chef Eire Rosado  e se fartar...

 

Receita

Ingredientes

01 lata de lichias em compota

01 lata de patê de foie gras

50 gramas de creme de leite fresco

01 vidro de geléia de lavanda

Folhas de cerefólio para decorar

Preparo

Escorra as lichias em um coador.  Prepare o patê de foie gras misturando o  creme de leite fresco para deixá-lo mais cremoso. Recheie as lichias com o auxílio de uma colher pequena.  Disponha as lichias em um recipiente apropriado, e coloque uma colherzinha de geléia de lavanda sobre cada fruta  recheada.  Disponha sobre cada lichia folhinhas de cerefólio para decorar.

Dica.  Esta receita pode ser feita preparando o próprio patê de foie gras, mas os encontrados prontos são muito bons e adequados para rechear. E, são comercializados em quantidade menor.  A geléia de lavanda pode ser também feita em casa, mas as comercializadas são uma ótima opção e são muito práticas. Este preparo vai bem com outros tipos de geléias, pois o foie gras é bem-vindo com algo doce.

Patê de Foie Gras

Ingredientes

1 peça de foie grãs

300 ml de vinho do Porto (pode ser branco ou tinto) ou vinho Sauternes

Sal refinado o quanto baste

Pimenta do reino quanto baste

Preparo

Limpe o foie gras tirando todas as veias e nervos com cuidado.    Leve-o para marinar por 24 horas no vinho do Porto ou Sauternes.   Depois de marinado, dispense a marinada.  Seque o fígado por completo.    Em uma vasilha refratária própria para patê/terrine, forre com plástico filme e deixe sobrar um bom pedaço para fora porque terá que embrulhar o fígado.   Depois de envolto no filme plástico, sele bem o plástico filme. O ideal é uma terrine bem exata, pois na hora de cozer, o fígado deverá ficar bem prensado na vasilha.        Sobre a peça embrulhada, coloque algum peso em cima e leve ao forno em banho-maria por aproximadamente uma hora.  Retire do forno, deixe esfriar e tire do plástico filme.    O patê estará pronto.  Armazene sob refrigeração. Para fazer o patê tire um pedaço e amasse junto com o creme de leite fresco até ficar mais cremoso, e depois é só rechear as lichias.   

 

 

 

 


Publicado por: Divina Proporção
versão para impressão    Envie esta matéria para amigos!

Publicidade
 
© 2015 Divina Proporção, Todos os Direitos Reservados | webmaster
desenvolvido por: Siglobal