|    home
  Bem-vindo!

Busca artigos por palavra chave




03/11/2011
 

Gastronomia

 

Uma linda e nutritiva flor

 

A melhor época para comprar e apreciar a alcachofra é esta. Inclusive, é vendida a preços mais justos. Aproveite a ocasião para fazer pratos deliciosos, como a Casquinha de Alcachofra do restaurante Bendita Hora.

 

Imagem: Divulgação

Casquinha de Alcachofra Bendita Hora

 

 

É uma planta perene, com até 400 cm de envergadura, que volta a brotar anualmente. É uma flor comestível, e muito apreciada quando ainda na fase inicial. Ao se transformar em flor aberta, as bracteas (cabeça) endurecem e não podem mais ser aproveitadas para consumo. Saborosa, leve e saudável há quem diga que é consumida há mais de 3.000 anos. Assim é a alcachofra. No Brasil, foi trazida há cerca de 100 anos por imigrantes europeus, caiu no gosto nacional. É cultivada principalmente no interior paulista. Esta é a epóca em que é melhor aproveitada e vendida a preços justos.

 

Além de ser deliciosa na culinária, a alcachofra pode ser usada como planta medicinal (raiz, caule, folhas e flor). Possui substâncias com efeito benéfico no combate de doenças das vias biliares e hepáticas.

 

Possui como princípios ativos a cinarina e o ácido cafeico que estimulam a formação da bile hepática, regularizam a formação de sais biliares e o colesterol, e o seu uso é indicado para os diabéticos. São usadas igualmente com sucesso contra a icterícia, cujos sintomas desaparecem mais rapidamente.

 

As folhas reduzem a taxa de açúcar no sangue e são usadas como adjuvantes no tratamento da diabetes. Também é um bom combatente ao endurecimento das artérias e serve para fabricar licores e bebidas amargas. O suco fresco é utilizado externamente para tratar eczemas e erupções cutâneas.

 

O consumo da cabeça de alcachofra é excelente para quem sofre de anemia, pois é uma fonte muito rica em ferro. Por ter ação digestiva, auxilia também na prisão de ventre. É portadora da enzima cinerase, que coagula o leite na fabricação de queijos. Possui como matérias minerais: cal, ácido silícico, óxido de ferro, cloreto de sódio, magnésio e ácido fosfórico.  

 

Para quem preferir seu uso na culinária, aqui uma receita do retaurante Bendita Hora.

 

 

Casquinha de Alcachofra Bendita Hora

 

Para a massa

250 g de farinha de trigo

125 g de margarina

1 colher de água

sal e pimenta do reino  a gosto

 

Modo de fazer

Misture todos os ingredientes, até formar uma massa lisa, junte mais água se necessário para dar ponto. Cubra com papel filme e guarde por uma hora na geladeira.

 

Para o recheio

300 g de fundo de alcachofra em conserva (picado)

1 cebola picadinha

½ litro de creme de leite fresco

300 g de Catupiry

noz moscada  a gosto

30 g de manteiga

 

Preparo

Aqueça a caçarola coloque a manteiga e refogue a cebola, acrescente o fundo de alcachofra. Adicione o creme de leite fresco e mantenha em fogo baixo para reduzir. Para finalizar coloque o Catupiry e a noz moscada a gosto. Cubra o fundo e as laterais das formas para empadinhas com a massa e pré-asse na boca do forno a lenha por aproximadamente 20 minutos. Recheie e leve ao forno à 250ºC para gratinar. O forno a lenha dá textura e gratina a casquinha fazendo com que a parte superior fique crocante e o recheio mantenha sua cremosidade.

 

 


Publicado por: Divina Proporção
versão para impressão    Envie esta matéria para amigos!

Publicidade
 
© 2015 Divina Proporção, Todos os Direitos Reservados | webmaster
desenvolvido por: Siglobal