|    home
  Bem-vindo!

Busca artigos por palavra chave




09/06/2012
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Design 

Design reciclado 

A tecelã e designer gaúcha Nara Guichon, radicada em Florianópolis desde os anos 80, realiza um trabalho que é um reflexo de sua própria filosofia de vida. Sua produção é baseada na valorização dos elementos naturais e do trabalho manual, aliando técnica e beleza. As peças de vestuário e decoração são elaboradas com as resistentes redes de pesca, encontradas por pescadores locais nas praias catarinenses. Com elas, a designer-artesã ganhou prêmios e reconhecimento internacional ao longo dos anos. No Brasil, foi selecionada para a Bienal do Design Brasileiro de 2009 e ganhou menção honrosa no Museu da Casa Brasileira. Ao coletar na orla redes abandonadas que representam uma ameaça à vida marinha, Nara aproveita a coloração natural das peças. Após um processo de limpeza e tratamento, as redes se tornam a trama básica para uma almofada, um tapete, um vestido, uma bolsa, um colar, um lenço e dezenas de outras possibilidades que a inspiração da artista permite criar. Ela concedeu esta entrevista exclusiva ao site Divina Proporção.Com.

Imagem: Divulgação

Trabalho assinado por Nara Guichon

Divina Proporção.Com – Como você define seu trabalho?

Nara Guichon – Meu trabalho é artesanato, feito com design, por uma artista. Explico, pratico a profissão de artesã desde a mais tenra idade, quando por interesse próprio solicitava aos adultos que me ensinassem a tricotar e a bordar, tendo convivido em família de sábias costureiras. Diria que nasci com um gosto apurado para as cores e detalhes e com um senso estético bastante alto. E o fator design foi incorporado ao fato deste saber ter virado profissão, sendo o desenhar, projetar e produzir também práticas espontâneas.

Divina Proporção.Com – De onde vem a inspiração para os seus trabalhos?

Nara Guichon – A inspiração surge de muitas formas. É muitas vezes de imagens que visualizadas de longe (como a minha visão não tão sadia) enxergando objetos e paisagens distorcidos. O mais interessante no meu ponto de vista, é que quando falta inspiração, é só começar a mexer nas matérias primas... Daí tudo começa.

Divina Proporção.Com – Como você selecionao material que você trabalha?

Nara Guichon – O critério para escolha dos materiais é que eles sejam naturais e com um \\\"forte acento\\\" no reaproveitamento. Tenho verdadeiro apreço por reciclar, ir ao fundo dos baús, containers, tudo que inúmeras vezes é descartado. Nosso lixo é precioso. Quanto às cores, não fico atenta à tendência, mas sim na harmonia de tons entre as matérias primas disponíveis. Quando estou desenvolvendo produtos com as redes de pesca, elas determinam as combinações, já que são em tons pastel e raramente \\\"aceitam\\\" grandes contrastes.

Divina Proporção.Com – Quais as técnicas que você utiliza?

Nara Guichon – Uso técnicas de tecelagem feita em tear de quatro pedais, bordado, patchwork utilizando materiais inusitados,
crochê tricô, macramê, fiação e tingimento manual.

Divina Proporção.Com – Qual o perfil do cliente da Nara Guichon?

Nara Guichon – As característica dos clientes que compram as roupas de casa ou decoração seguem o mesmo perfil da consumidora dos outros produtos do ateliê. Mas estas pessoas normalmente vêm para adquirir um presente diferenciado (feito á mão e com design), e compram um presente bem exclusivo para elas mesmas. Na decoração, os homens são os que compram os tapetes maiores e de alta resistência e qualidade. Eles compram uma peça, mas é a peça. No geral são pessoas com bastante cultura, que reconhecem qualidade e exclusividade.

Divina Proporção.Com – Você desenvolve outras atividades?

Nara Guichon – Ministro curso de criatividade com foco no design têxtil, tingimento natural e/ou químico e fiação da lã, criação de fios. Mas os cursos são organizados pelos interessados.

Divina Proporção.Com – Você já desenvolveu algum trabalho voluntário?

Nara Guichon – Já trabalhei voluntariamente com a Estrela Nova, Oficio Moda, dando aulas de criatividade e uso das cores. Colaboro com a Apremavi no projeto de restauração da Mata Atlântica do Alto Vale do Itajaí, semeamos e plantamos em torno de 600.000 árvores nativas por ano.


 


Publicado por: Divina Proporção
versão para impressão    Envie esta matéria para amigos!

Publicidade
 
© 2015 Divina Proporção, Todos os Direitos Reservados | webmaster
desenvolvido por: Siglobal