|    home
  Bem-vindo!

Busca artigos por palavra chave




04/12/2012
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Decoração

 

Museu da Lâmpada

 

Em São Paulo, Gilberto Pedrone sócio e diretor das empresas Gimawa, Ped Led e Museu da Lâmpada e o irmão Wladimir Pedrone atuam no mercado de iluminação com foco na distribuição de materiais elétricos para o varejo, indústria e setor da construção. A Gimawa foi fundada em 1986, e é uma das principais revendedoras de materiais elétricos, projetos e consultoria da área. Além atender o cliente em suas necessidades, também facilita os processos de cotação e compra de produtos. O executivo conta que em toda sua trajetória, a empresa teve foco no mercado corporativo, mas recentemente inaugurou seu e-commerce voltado para pessoa física. Atualmente os irmãos dedicam-se em ampliar o Museu da Lâmpada, que ganhará novas instalações, além de objetos históricos. Gilberto concedeu esta entrevista exclusiva ao Divina Proporção.Com.

Imagem: Divulgação

Divina Proporção.Com – Qual a importância da luz natural na iluminação de ambientes?

Gilberto Pedrone – Além de ser uma alternativa sustentável, que colabora com o meio ambiente e agradável para a vida, o uso de luz natural colabora tecnicamente mantendo 100% do IRC (índice de reprodução de cores) das cores originais dos itens expostos, tornando, assim, o ambiente confortável.

Divina Proporção.Com – Qual a importância da luz artificial?

Gilberto Pedrone – A luz artificial é essencial para trazermos luz aos ambientes que não são possíveis de ser atingidos ou não recebem a quantidade de luz natural suficiente necessária para seu uso.

Divina Proporção.Com –  Quais os tipos de iluminação artificial existentes?

Gilberto Pedrone –  Existem diversas fontes de luz artificial. Desde que o homem descobriu o fogo e passou a usá-lo como forma de iluminação o mesmo evoluiu inventando tecnologias para reproduzir a luz. Começando pela lâmpada incandescente e depois com outras tecnologias mais econômicas e eficientes como as lâmpadas fluorescentes, de vapores e finalmente chegando a tecnologia mais atual: os LED’s.

Divina Proporção.Com –   Por que  fazer um curso sobre iluminação?

Gilberto Pedrone – O curso é essencial  ao leigo para ele entenda o porquê das diferenças entre lâmpadas luminárias e outros itens. Principalmente, para extrair o melhor da iluminação visando a sustentabilidade, o conforto e principalmente a eficiência.

Divina Proporção.Com –    Quais os tópicos abordados no curso?

Gilberto Pedrone – Os cursos são divididos por módulos de interesse e variam de acordo com o nível do candidato. Os cursos estão disponíveis no site do Museu da Lâmpada e em breve teremos a agenda de 2013.

Divina Proporção.Com –   Como surgiu a ideia de oferecer cursos sobre iluminação?

Gilberto Pedrone – Enxergamos a necessidade e dificuldade do público em encontrar cursos acessíveis e por outro lado, não existe um lugar mais interessante de se aprender sobre iluminação como em um museu que conta a história deste invento extraordinário e essencial.

Divina Proporção.Com –    Fale um pouco sobre a história do Museu da Lâmpada.

Gilberto Pedrone – Ele foi em criado em 15 de abril de 2012, para atender o público e apresentar um pouco da história que envolve uma das maiores invenções do mundo.  Está localizado na sede da GIMAWA, uma das principais revendedoras de materiais elétricos, projetos e consultoria na área. O Museu da Lâmpada aborda história da iluminação desde a descoberta do fogo até as lâmpadas mais modernas utilizadas atualmente. Um lugar que agrega conhecimento e ao mesmo tempo detém um acervo significativo. Através de pesquisas, foram recolhidos diversos materiais e equipamentos capazes de reproduzir a linha do tempo, desde a criação do fogo, da lâmpada, até o desenvolvimento da eletricidade. E por meio de sua exposição, em um espaço próprio e devidamente adaptado, a GIMAWA decidiu trazer uma representação iconográfica e escrita da evolução da lâmpada para seus visitantes. Informações que queira acrescentar. Para conhecer o museu da lâmpada é necessário fazer o cadastro para agendamento da visita no próprio site do museu. O ingresso custa  1 kg de alimento não perecível que é doado a instituições carentes. O horário de funcionamentoé  de segunda a sexta, das 09h00 às 18h00. É necessária a apresentação do RG, e a idade mínima permitida é 7 anos.

 


Publicado por: Divina Proporção
versão para impressão    Envie esta matéria para amigos!

Publicidade
 
© 2015 Divina Proporção, Todos os Direitos Reservados | webmaster
desenvolvido por: Siglobal