|    home
  Bem-vindo!

Busca artigos por palavra chave




14/01/2015
 

Design

 

Um profissional brilhante e suas incríveis peças

 

Nascido em Curitiba, Ronald Scliar Sasson é designer. Desde cedo se interessou pela marcenaria da fábrica de móveis da família.  Em 1985, foi morar por mais de um ano na Europa e Oriente Médio onde se ambientou com novas formas de pensar a estética do mobiliário. De volta ao País, trabalhou como artista plástico por mais de dez anos. No final do ano passado, conquistou o prêmio Good Design 2014, do Chicago Athenaeum Museum of Architecture and Design, o mais antigo prêmio dos Estados Unidos e um dos mais prestigiados do mundo, que reconhece designers de vanguarda, e produtos e projetos gráficos inovadores. Scliar concedeu esta entrevista ao Divina Proporção.Com.

 

Divina Proporção.Com - Quais são suas inspirações para desenvolver projetos? Elas vêm de pesquisa de mercado, das necessidades em termos tecnológico e mercadológico, além da arquitetura e outras inspirações.

 

Divina Proporção.Com - Como nasceu o designer Ronald Scliar? O designer é designer desde sempre. Ele tem uma relação direta com a arte. Desde sempre me interessei por estética e arte e minha carreira foi consequência desses interesses. 

 

Divina Proporção.Com - O que não pode faltar em seus projetos? Prezo pela inovação e aspecto plástico sem abrir mão da funcionalidade. Uso poucos elementos por projeto, no máximo dois. 

 

Divina Proporção.Com - Você ganhou recentemente o Good Design, do Chicago Athenaeum Museum of Architecture and Design. Qual a sensação e o que significa para sua carreira este prêmio? O Good Design é o mais antigo e importante prêmio dos Estados Unidos e um dos principais do mundo, ser premiado com dois projetos foi uma surpresa. É uma alegria ser reconhecido entre os maiores do mundo.

 

Divina Proporção.Com - Como você concebeu   a poltrona Madonna, vencedora da categoria móveis?  A peça veio de uma pesquisa, pois queria uma poltrona estofada que não seguisse o roteiro de peso das existentes que têm muito volume e bases tradicionais. Neste projeto, fugi de tudo isso tornando-a estofada, mais leve e concebendo uma base que passa quase desapercebida.

 

Divina Proporção.Com - Como foi a concepção da luminária Mars, vencedora da categoria iluminação?  A Mars é uma peça de geometria básica com aspeto espacial e com muita leveza, tem apelo simples e um único elemento.

 

Divina Proporção.Com - Ao longo de sua carreira você ganhou mais algum prêmio? Em 2014, o  German Design Award Nominee, com o Banco Luzia; além dos dois mencionados acima. Ainda em 2014, o  IF Design Award   (Alemanha) com o Banco Luzia  e o Prêmio A Design Award (Itália) com o  Mesaninho Lógico e a  Poltrona Palina. Em 2013, fui finalista no Museu da Casa Brasileira com a  Poltrona Palina. Também em 2013, recebi o Ouro IDEA Brasil com o  Banco Luziaque também ganhou o  Prêmio A Design Award (Itália) no mesmo ano. Em 2012, fui finalista no Museu da Casa Brasileira com o Banco Luzia e a mesa de centro Pau e Corda. Em 2007, fui finalista no Museu da Casa Brasileira com a  Mesa Clips.

 


Publicado por: Divina Proporção
versão para impressão    Envie esta matéria para amigos!

Publicidade
 
© 2015 Divina Proporção, Todos os Direitos Reservados | webmaster
desenvolvido por: Siglobal