|    home
  Bem-vindo!

Busca artigos por palavra chave




27/01/2015
 

Gastronomia

 

 

 

 

 

 

 

Tendências exóticas para 2015

 

Algumas das tendências apontadas pela Baum&Whiteman (empresa de pesquisa) talvez pareçam excêntricas demais. Uma delas é a incorporação de insetos na composição dos pratos. Nada comum no Brasil, a ingestão desses itens é bastante apreciada no Oriente devido à sua característica crocante. "Mas não acredito que essa moda vá pegar no Brasil. O que vejo como forte tendência por aqui são mais restaurantes de comida brasileira. Uma coisa muito bacana que os chefs vêm fazendo também é criar uma cadeia produtiva em torno do seu restaurante de modo que os ingredientes estejam sempre frescos, saudáveis e sustentáveis". Esta é a opinião de Rosa Moraes, diretora de Hospitalidade e Gastronomia da Laureate Brasil (rede formada por doze instituições de ensino superior). Ela concedeu esta entrevista ao Divina Proporção.Com.

 

Imagem: Divulgação

 

Divina Proporção.Com -  Quais insetos estão na lista das tendências apontadas na pesquisa? Os insetos que têm sido mais utilizados, até o momento, são grilos e gafanhotos.

 

Divina Proporção.Com - Na sua opinião, por que as pessoas querem experiências gastronômicas tão diferentes? As pessoas estão sempre em busca da próxima tendência. Na gastronomia não é diferente. A maioria de nós sofre da síndrome do paladar inquieto e está constantemente em busca de novidades, de algo com que possa se surpreender.

 

Divina Proporção.Com - Avalie por que as pessoas  têm tanta necessidade de experiências únicas na gastronomia? Acredito que de um tempo para cá a nossa relação com a comida mudou bastante. Não enxergamos mais um prato apenas como fonte de alimentação vital para nos manter vivos, mas como uma experiência, principalmente quando comemos fora. Tudo conta para a nossa satisfação quando vamos a um restaurante: o ambiente, o serviço, a bebida e, claro, a comida. E muitos estão dispostos a desembolsar uma boa quantia de dinheiro para ter uma experiência única relacionada à comida.

 

Divina Proporção.Com - Existe mais algum assunto    que você gostaria de abordar dentro da gastronomia?    Quero destacar a importância de uma formação     superior para os profissionais das áreas de   Hospitalidade e Gastronomia. Nós acompanhamos de        perto o desenvolvimento dos nossos ex-alunos no   mercado e vejo o quanto a academia foi importante     para tornar esse mercado cada vez maior e nossos      profissionais mais competitivo, se comparado aos dos   países que têm a tradição na formação dessa mão de     obra. Vejo, ainda, com nossos ex-alunos o quanto o     Brasil vem evoluindo nesse quesito.  E, principalmente, que, cada vez mais, eles estão se     voltando para a universidade para fazer uma     especialização.   

 

Divina Proporção.Com - Fale um pouco mais sobre a pesquisa da consultoria internacional de restaurantes, Baum&Whiteman. Achei a lista da Baum&Whitman muito interessante, principalmente por trazer diversos hábitos e alimentos que não necessariamente fazem     parte da nossa rotina, mas que têm todas as chances       de virarem o must to have desse ano. São exemplos: food trucks, pistache, sais aromatizados, sorvetes e  iogurtes salgados, barras de proteínas de insetos e   Matcha (um tipo de chá verde).

 


Publicado por: Divina Proporção
versão para impressão    Envie esta matéria para amigos!

Publicidade
 
© 2015 Divina Proporção, Todos os Direitos Reservados | webmaster
desenvolvido por: Siglobal