|    home
  Bem-vindo!

Busca artigos por palavra chave




29/08/2016
 

Decoração

 

Ele é Vintage!

 

Um antigo apartamento de 100 m2, de três dormitórios, localizado no bairro do Leme no Rio de Janeiro, pertencente a um cliente alemão foi repaginado pelo escritório Yamagata. O projeto de interiores priorizou a preservação de itens originais como esquadrias de madeira, tacos, armários em laca e sancas. A paleta de cores é bem neutra para destacar a coleção de arte, os móveis e, ainda, manter um ar masculino nos espaços. A seguir, veja as dicas sobre as diferenças entre Vintage e Retrô.

 

Imagens: Juliano Colodeti do MCA estúdio

 

1- Primeiramente é importante saber o que significa Vintage. Trata-se  é uma palavra relacionada aos vinhos. A tradução seria boa safra, algo com características especiais;

 

2- Peças que se mantêm conservadas e podem ser usadas novamente são denominadas Vintage;

 

3- São itens pertencentes às décadas de 20, 30, 40, 50 e 60;

 

4- No Vintage se enquadram quaisquer peças com mais de 20 anos e menos de 100 anos;

 

5- Tecidos propositalmente desgastados também são chamados Vintage;

 

6- Retrô significa para trás. É uma releitura do passado, uma retrospectiva daquilo que já foi visto;

 

7- Quando as peças são novas, mas  imitam o antigo são chamadas de Retrô;

 

Projeto: (www.yamagataarquitetura.com.br)


Publicado por: Divina Proporção
versão para impressão    Envie esta matéria para amigos!

Publicidade
 
© 2015 Divina Proporção, Todos os Direitos Reservados | webmaster
desenvolvido por: Siglobal