|    home
  Bem-vindo!

Busca artigos por palavra chave




20/12/2016
 

Decoração

 

Cor: sobriedade e elegância.

 

Atualmente, é muito comum a redução de espaços. A partir desta premissa, a designer de interiores Elis Arantes aceitou o desafio de decorar um apartamento de 51 m², localizado na zona oeste de São Paulo. Os proprietários queriam um local seguro, funcional e que priorizasse o efeito casa de boneca. Além disso, a profissional utilizou cores para imprimir aos ambientes beleza e suntuosidade. Veja as dicas.

 

Imagens: Divulgação

 

1- As cores comunicam uma ideia: leveza, alegria, sobriedade, frieza, elegância;

 

2- É importante saber como cada uma transmite uma impressão. Para entender isso, é preciso observá-las;

 

3- As cores criam a impressão de temperatura também. São quentes (vermelho, amarelo), frias (azul e verde), neutras (preto, branco e cinza);

 

4-  Para saber combinar cores considere o Disco de Newton;

 

5-  A combinação triangular traz opções harmoniosas. No disco, esta composição é formada por um triângulo de três partes iguais composto pelas cores primárias ou secundárias: amarelo + azul + vermelho ou violeta + laranja + verde;

 

6-  As cores análogas aparecem lado a lado no disco. São da mesma família (possuem a mesma cor básica): tons de azul e verde, azul e violeta, laranja e amarelo, vermelho e laranja. Dão uniformidade e  são consideradas elegantes;

 

7- A composição monocromática é chamada quando há o uso de uma só cor com variações de tonalidades. É  o tom sobre tom (exemplo: verde claro + verde médio + verde escuro).

 

8- O monocromático é uma combinação elegante, mas algumas vezes pode ficar monótona e muito séria, o que pode ser quebrado com o uso de uma outra cor.

 

Projeto: Elis Arantes (http://elisarantesinteriores.blogspot.com.br)

 


Publicado por: Divina Proporção
versão para impressão    Envie esta matéria para amigos!

Publicidade
 
© 2015 Divina Proporção, Todos os Direitos Reservados | webmaster
desenvolvido por: Siglobal